Sua mãe estava certa: “Você não é todo mundo!”

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Compartilhe este artigo

Uma ação baseada em uma trend pode não dar certo

Você sabe que na maioria das vezes, sua mãe tem razão. Dessa vez não seria diferente… Mas primeiramente, vamos contextualizar.

Afinal, o que é uma trend? 

Trends são as tendências do momento dentro de um aplicativo. Os usuários e a própria rede social chamam de trends todas as modinhas que estão em alta, como desafios, músicas, coreografias, tutoriais de maquiagem ou dublagens que todos estão reproduzindo em seus vídeos à exaustão. Quando falamos de trends, estamos lidando com as maiores tendências do aplicativo, mas naquele momento em específico. Além de apresentarem alta rotatividade, se esgotam ou ‘saturam’ em períodos de tempo curtos.

Mas será que seguir uma trend é interessante para o seu negócio? Afinal, o que poderia dar errado ao lançar uma dublagem em um ambiente médico, né não?

Ações baseadas em trends são, sim, efetivas, mas não como todos imaginam. O número de visualizações e o aumento do engajamento não significa nada, se não for convertido para o seu modelo de negócio. Sua mãe estava certa, você não é todo mudo, meu querido! 

E nem sempre trends funcionam como você imagina. Esses tópicos podem ser acessados por meio de hashtags, efeitos e músicas populares, mas viralizam de forma natural dentro da comunidade… Ou seja, até para publicação ou realização de uma trend, precisamos de planejamento

Existem perguntas básicas que você pode se fazer quando deseja entrar nas tendências de um aplicativo:

“Isso trará benefícios pro meu negócio?”

“Só porque viralizou com uma blogueira, vai dar certo comigo?”

“Uma dancinha se enquadra na imagem que quero passar para os meus clientes?” 

“De alguma forma, esse conteúdo vai impulsionar o meu negócio?” 

Se a resposta para alguma dessas perguntas for não, você sabe que mais uma vez, não faz sentido seguir algo apenas por viralização no aplicativo. 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Compartilhe este artigo

Últimos posts do blog da ulysses

Fale conosco!